Transferência Externa
Campanha março cursos de extensão
Reestruturação Societária
Mestrado
Pós Presencial
ENEM Presencial
Campanha março cursos de extensão
Direito de família e sucessões
1
Graduação em Direito
5
4

Blog EPD

Como funciona às políticas de trocas de produtos

política de troca

Natal está chegando esse é o momento fundamental para quem está se preparando para as compras de final de ano, ainda mais quando se trata de presentes para parentes e amigos. Por isso, toda a atenção é necessária para garantir a satisfação do presenteado.

Especialistas em proteção ao consumidor ressaltam que o Código de Defesa do Consumidor só obriga a trocar ou reparação do produto em caso de defeito (no prazo de 30 dias). Portanto, é necessário estar atento à política de troca por insatisfação de cada empresa.

Vale lembrar que se o lojista se comprometer a realizar a troca por insatisfação, é obrigatório o cumprimento do prometido. É aconselhável exigir que o vendedor ou responsável anote na nota ou etiqueta fixada no produto as regras de política de troca, para comprovação posterior.

Quanto aos produtos eletrônicos e eletrodomésticos, é aconselhável testar o produto no ato da compra, porém essa não é uma prática muito comum entre os estabelecimentos. Neste caso, a loja fica obrigada a fazer a troca imediata do produto se o consumidor, ao chegar em casa, verificar que há defeito.

Vale Troca

A maioria das lojas exige a nota fiscal na hora da troca. Por se tratar de presente, alguns estabelecimentos optam por imprimir uma nota especial, sem valor. Dessa forma, o valor da mercadoria poderá ser consultado pela loja na hora da troca.

Será mantido o valor que consta na nota fiscal, caso o cliente opte por um produto de valor inferior, a diferença deverá ser feita com outro produto da loja. Raramente o estabelecimento vai pagar a diferença em dinheiro.

Sendo assim, tendo em mente que trocas por insatisfação não são uma obrigatoriedade, é necessário estar atendo às políticas de troca de cada estabelecimento. Se a troca for possível, deve-se exigir que as condições constem por escrito na nota fiscal, na etiqueta ou no recibo.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram