Transferência Externa
Campanha março cursos de extensão
Reestruturação Societária
Mestrado
Pós Presencial
ENEM Presencial
Campanha março cursos de extensão
Direito de família e sucessões
1
Graduação em Direito
5
4

Blog EPD

Conheça as 4 áreas da advocacia que cresceram nesse ano

O cenário econômico e o mercado de trabalho estão em constantes mudanças. Algumas áreas do direito sofrem com essas alterações, por outro lado, existem áreas que ganham destaque.

Atualmente, existem 4 áreas na advocacia que estão prosperando devido à fase econômica atual. Confira:

Compliance

A área de Compliance tem ganhado muito destaque nos últimos anos devido às operações que investigam fraudes e esquemas fiscais. Por conta disso, tem atraído muitos profissionais de advocacia a investir nessa área ainda nova no país.

Por ser uma área relativamente nova e por existirem poucos cursos específicos no Brasil, ainda há uma escassez de profissionais na área. Por conta disso, as empresas oferecem ótimas remunerações em busca desse profissional.

Conhecimento nas áreas cível, administrativa, contratual e experiência com auditoria são diferenciais importantes. Os salários da área variam de R$ 8 mil a R$ 30 mil.

Direito Trabalhista

O especialista em direito do trabalho pode trabalhar no departamento jurídico de uma empresa ou atuar como advogado trabalhista, cobrindo consultoria, prevenção e litígio.

Devido ao crescente número de demissões e aumento de volume nos processos trabalhistas, a área tem ganhado destaque e muitas demandas.

As empresas também procuram esses profissionais para ficar de acordo com a legislação trabalhista e evitar futuros problemas com processos e multas.

 
Recuperação judicial, restruturação de dívida e falência

Esse profissional é responsável pela recuperação judicial, restruturação de dívida e da falência de empresas. Ou seja, eles auxiliam as companhias a sair de uma situação crítica de endividamento, negociando dívidas e créditos.

De acordo com o indicador Serasa Expererian de Falências e Recuperações, em 2015, foi registrado quase 1300 solicitações de recuperações judiciais, mais de 50% do número registrado em 2014. Até julho deste ano, o Serasa já contabilizou 1.098 pedidos, o que pode levar a um novo recorde em 2016.

Os advogados que mais se destacam nessa área são aqueles que possuem um perfil conciliador e se destacam em negociações. A remuneração na área é a partir de R$6 mil e pode chegar a R$25 mil.

Direito Tributário

Com a retomada do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (CARF) há uma grande demanda de profissionais da área. O especialista na área pode auxiliar o planejamento, controle e gestão de escritórios, acompanhamento de legislação, suporte tributário às áreas de negócios e atendimento à fiscalização, além de oferecer serviços de consultoria.

Com as dificuldades na economia, o planejamento tributário é uma necessidade das empresas que precisam melhorar seu desempenho financeiro. Os salários variam de R$8 mil a R$15 mil.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram