Transferência Externa
Campanha março cursos de extensão
Reestruturação Societária
Mestrado
Pós Presencial
ENEM Presencial
Campanha março cursos de extensão
Direito de família e sucessões
1
Graduação em Direito
5
4

Blog EPD

Dicas de áreas promissoras no Direito

areas-promissoras

O mundo muda a todo o momento e com isso o mercado de trabalho também e ficar atento às áreas promissoras no Direito traz um importante diferencial competitivo na carreira.

Nos últimos dois anos, devido à pandemia, muitas mudanças que demorariam décadas, talvez, para acontecerem, ocorreram graças à necessidade e hoje são realidade. Isso aconteceu em todas as áreas e também no Direito.

Resolvemos listar algumas áreas promissoras, ou que alguns podem chamar de tendências, no Direito que já vêm crescendo nos últimos anos e ainda vão crescer mais.

Se você quer atuar de forma diferenciada no mercado, fique atento a essa lista:

·        Advocacia remota

A pandemia trouxe essa realidade e a tecnologia colaborou para que ela pudesse ser feita da melhor forma.

E a tendência é que a advocacia remota se mantenha e se torne cada vez mais comum e utilizada.

Aqueles profissionais e escritórios que se adaptarem a esse formato com mais robustez certamente terão vantagens.

·        Gestão automatizada com software jurídico

Os softwares jurídicos colaboram com o item anterior e com o dia a dia de muitos profissionais.

Os profissionais do Direito se beneficiam desses softwares, como falamos, porém podem também prestar consultorias para as empresas que criam esse tipo de tecnologia, pois a visão e o conhecimento do especialista são essenciais.

·        Marketing de conteúdo jurídico

Depois da aprovação do provimento 205/2021, que fala sobre o marketing jurídico e a flexibilização do tema, essa é uma grande tendência na área.

Carreiras específicas como copywriter e social media especializados em Direito já existem, por exemplo.

·        Compliance

O Compliance é uma série de ações dentro das instituições para que diretoria, funcionários e colaboradores estejam em conformidade com a legislação, que pode envolver aspectos técnicos e comportamentais, internos e externos. Basicamente uma garantia do cumprimento do bom e velho “código de conduta”.

O compliance jurídico é uma área que tem crescido muito e tido destaque, principalmente devido aos muitos casos de corrupção empresarial. 

·        Experiência do usuário (UX)

A experiência do usuário na área do Direito vai bem mais além do que o atendimento aos clientes, mas sim em todos os aspectos do meio.

As legaltechs e lawtechs devem pensar nisso dentro de suas ofertas de serviços a advogados, como também os escritórios que criam site e blogs visando os clientes.

·        Inteligência artificial

A Inteligência Artificial é uma tendência para muitas áreas e no Direito não seria diferente.

Ela e a Machine learning têm sido grandes aliadas do meio jurídico, oferecendo soluções importantes.

Entender sobre essas tecnologias torna-se, nos dias de hoje, essencial.

·        Cibersegurança e segurança de dados

O Brasil está na 5ª posição de países mais online do mundo e as leis que regem o “mundo virtual” ainda são recentes e com isso essa é uma área importante e em expansão.

Os crimes digitais e golpes na internet crescem a cada ano. A LGPD é um avanço nesse sentido e, devido a ela, muitos profissionais especialistas surgiram.

·        Análise de métricas

Métricas são critérios de análise que servem para medir o desempenho das atividades, serviços e parceiros do seu departamento. Essas métricas podem ser utilizadas, posteriormente, para a construção de indicadores aplicáveis à realidade da área. 

A análise das métricas é importante em todas as áreas e esse entendimento tem se intensificado no meio jurídico, nos últimos anos, com o aumento do uso da tecnologia.

·        Legal design

Uma tendência que ainda gera polêmica, mas que tem sido muito utilizado em diversos escritórios.

O Legal Design surgiu para aproximar advogado e cliente com uma comunicação mais objetiva, simplificada e, sobretudo, mais atrativa. Em síntese, serve para trazer ao Direito a já popular experiência do usuário

Está atento a todas essas novas tendências? Quer acrescentar mais alguma outra? Escreva nos comentários.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram