Transferência Externa
Campanha março cursos de extensão
Reestruturação Societária
Mestrado
Pós Presencial
ENEM Presencial
Campanha março cursos de extensão
Direito de família e sucessões
1
Graduação em Direito
5
4

Blog EPD

O Direito Digital e 5 oportunidades na área

O Direito Digital e 5 oportunidades na área.

O mundo passa, já há algum tempo, pela revolução da tecnologia. O cenário social com relações pessoais e de trabalhos voltados ao Digital é irreversível, à medida em que os avanços são inerentes à melhora na qualidade de vida e dos processos em todos os ramos do mercado. 

A Justiça e a advocacia, como áreas que acompanham e se adaptam às tendências sociais, também tiveram que se inserir nessa nova realidade, e é a partir daí que abriu-se caminho para o “nascimento” do Direito Digital.

O que é o Direito Digital?

Com a tecnologia presente nas diversas frentes do cotidiano das pessoas, é bastante natural que ela desencadeie, muito além das soluções que oferece, problemas, dúvidas, conflitos, interpretações, crimes e, por consequência, regulações e novas leis.

O Direito Digital chega, portanto, para resolver essas questões e assumir um papel de tutor das relações virtuais. O aumento significativo no número de aparelhos tecnológicos nos últimos anos e as projeções para mais inovação no ramo elevam os cibercrimes, as fraudes em lojas virtuais e ecommerces, vazamento de dados, entre outros.

Crescem na esteira dessa demanda as necessidades por advogados especialistas no assunto, e abre-se ainda mais o leque para as oportunidades na carreira.

Oportunidades no Direito Digital

Existe uma série de caminhos dentro do Direito Digital, mas alguns deles podem ser destacados como mais relevantes no momento:

1. Proteção de Dados

Depois de muitas idas e vindas, a LGPD entrou em vigor há pouco mais de um ano, em setembro de 2020. De lá para cá, advogados promoveram uma verdadeira corrida por atualização no assunto, que afeta pessoas e empresas no país todo.

2. Contratos

Com todo o cenário acima descrito, grande parte dos contratos teve que se adaptar para o digital. Diversas empresas e operações online, hoje, criam essa demanda.

3. Consultivo

Outras áreas do Direito acabaram por migrar para o digital, parcial ou completamente, como elementos tributários e do direito do consumidor. Por isso, aumentou-se também a demanda por juristas que auxiliem com suporte em questões legais desse tipo, principalmente com o boom das startups.

4. Contencioso

Esse item diz respeito, principalmente, a vazamento de dados por violação de aparelhos, que são impulsionados pelo alcance do virtual, e a fraudes e ofertas comerciais enganosas na internet.

5. Compliance

A partir da Lei Anticorrupção, institucionalizada no Brasil em agosto de 2013, o Compliance ganhou destaque nas empresas e, a cada dia que passa, é mais presente até mesmo em negócios de médio e pequeno porte. O crescimento de departamentos especializados também carrega consigo o aumento da procura por profissionais capacitados que tenham conhecimento no Direito Digital.

Quer se especializar?

Com o objetivo de oferecer especialização em uma área com tamanho potencial de atuação e oportunidades, a EPD convida os interessados a conhecerem a Pós-Graduação em Direito Digital na área, curso presencial coordenado pelos professores Rony Vainzof e Renato Opice Blum.

Para ler mais sobre o assunto e acompanhar conteúdos relacionados, vale também continuar seguindo as postagens do Blog e das redes sociais da instituição.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram