Depoimentos

Pedro Henrique Formaggio Jorge

Profissionalmente o módulo internacional representou uma oportunidade ímpar para obtenção de conhecimento.
A forma com que o programa foi planejado permitiu a discussão de diversos assuntos com profissionais de áreas distintas, apresentando-nos conceitos concernentes não só ao Direito Eletrônico, mas à política, à economia, às relações comerciais e, claro, ao Direito como um todo.
Esta congregação de temas representou, para mim, um crescimento profissional além do que era esperado, e que já reflete na minha atuação enquanto advogado.
Quanto ao contexto pessoal, o módulo mais uma vez superou as expectativas. Conviver com pessoas de hábitos e culturas diferentes foi ótimo. Ademais, a agenda do programa foi cuidadosamente elaborada para que tivéssemos a oportunidade de conhecer museus e monumentos históricos fantásticos, garantindo-nos também uma bagagem cultural.
Por fim, posso afirmar seguramente que durante a viagem construí verdadeiras amizades, que certamente serão cultivadas no Brasil.
Não percam esta oportunidade! Por mais que tentemos, as palavras não serão suficientes para expressarmos com clareza a real importância do International Cyber Security Law Program. À parte da evolução profissional, a convivência com pessoas que se tornaram verdadeiros amigos – refiro-me não só aos demais alunos, mas também aos professores e aos integrantes da CCC&TI – foi maravilhosa, e trará sempre ótimas recordações.

Gabriel Avelar

O International Cyber Security Law me reposicionou no mercado com uma experiência intensa de aprendizado em múltiplas areas como direito, tecnologia da informação e negócios criaram novas perspectivas e dando uma visão maior do todo, a convivência com profissionais de múltiplas areas de atuação gera uma interação profissional de altíssimo nível criando um ambiente de aprendizado dinâmico enriquecido por bagagens culturais diferentes. A possibilidade de aprofundar o estudo de um segunda língua em um ambiente voltado para o mercado não tem comparação com qualquer curso de idiomas que se possa imaginar. Por fim toda viagem é uma possibilidade de se auto conhecer. Não existe melhor maneira de encerrar o curso de MBA do que o módulo internacional, conhecer e conversar com grandes nomes do meio, interagir com quem vive diariamente na vanguarda da tecnologia e da inovação, aprender com professores e em ambientes especializados na preparação de profissionais do meio de uma maneira imersiva é a melhor forma de solidificar e expandir todo o conhecimento adquirido durante o curso. A viagem em si além do componente educacional, carrega consigo um  forte componente humano, conhecer e interagir com colegas de diferentes áreas e nível de aprendizado permite além de um enriquecimento de si mesmo, aumentar o círculo de amigos com pessoas capacitadas, com os mesmos objetivos e perspectivas que, ainda que não idênticas, podem ser complementares. Por fim, conhecer pontos históricos como a casa branca e o capitólio, visitar grandes museus, comer em restaurantes excelentes, visitar os melhores outlets do mundo e ser tratado como convidado de honra em todos esses lugares também não é nada, nada mau.