MBA em Direito Eletrônico

A EPD apresenta, de forma pinoneira no país, o curso de MBA em Direito Eletrônico, um campo de atuação com conhecimentos obrigatórios diante das evoluções tecnológicas cada vez mais aceleradas. O direito não pode negar as conseqüências dos atos e fatos jurídicos decorrentes do intenso uso das novas tecnologias. Dependemos desse mundo novo e nele interagimos, sem fronteiras. Competência, leis aplicáveis, globalização, extra-territorialidade, direitos autorais, crimes na internet, riscos, são alguns dos importantes temas que integram o curso. A prova eletrônica, elemento essencial à condenação, bem como as questões sobre segurança da informação tem destaque dentro da grade curricular. O processo eletrônico, meio que os profissionais utilizarão intensamente também será objeto de profundo estudo. A compreensão das tecnologias, técnicas, normas e metodologias para a implantação, uso e manutenção da informação, em conformidade com os padrões aceitos e utilizados atualmente, propiciará aos profissionais da área do Direito e Tecnologia da Informação conhecimento para avaliar e discutir um conjunto amplo de técnicas, ferramentas e metodologias que permitirão desenvolver habilidades para identificar, avaliar e gerir riscos. A estrutura do curso é compatível com as modernas tendências acadêmicas, nacionais e internacionais, na esfera do Direito Eletrônico e proporcionará aos seus participantes uma ampla interação e acompanhamento em relação às iniciativas na área de novas tecnologias.

Professor Renato Opice Blum
Coordenador da área de Direito Eletrônico

Apresentação do curso pelo professor Renato Opice Blum

 

Proporcionar a compreensão das novas relações jurídicas que se estabelecem em decorrência das novas e avançadas tecnologias, assim como diferentes soluções processuais, tanto preventivas como repressivas, para minimizar e gerenciar os riscos envolvidos nas operações e dar subsídios tecnológicos para analisar e entender as necessidades do mercado. Ademais, o programa preconiza que as informações sejam consideradas uma verdadeira vantagem competitiva, atribuindo um diferencial às organizações nas decisões baseadas em fatos e dados.

Advogados, Procuradores, Membros do Ministério Público e da Magistratura, Professores, Consultores, Servidores Públicos, Gestores Corporativos, Técnicos em Rede, Web Developer, Designers Gráfico e Web, Analistas de Segurança da Informação, Gestores de Tecnologia da Informação, Analistas de Sistema e demais profissionais que atuam em assuntos que envolvam a Tecnologia e operadores do Direito.

Coordenadores

- Coordenadora Acadêmica do curso de MBA em Direito Eletrônico da Escola Paulista de Direito;
- Mestre pela Universitá degli Studi di Roma Tor Vergata – USRV;
- Professora da Universidade Presbiteriana Mackenzie;
- Coordenadora da Pós-Graduação em Direito Eletrônico e Internet da UNIGRAN;
- Orientadora do Grupo de Estudos e Pesquisas Científicas “Frans Martins”, na área de Direito Eletrônico da Universidade Presbiteriana Mackenzie;
- Membro da Comissão de Direito na Sociedade da Informação, do Conselho Editorial da IJoFCS (The International Journal od Forensic Computer Science) e do Comitê de Legislação e de Tecnologia da Câmera Americana de Comércio (AMCHAM);
- Co-organizadora e co-autora do livro “Manual de Direito Eletrônico e Internet”;
-
Advogada Sócia do escritório Opice Blum Advogados.

- Advogado e economista;
- Coordenador do MBA em Direito Eletrônico da EPD, Professor do Curso de Direito Digital da FGV, USP (PECE), Mackenzie;
- Membro Convidado do Grupo de Cybercrime do Conselho da Europa; Presidente do Conselho de Tecnologia da Informação da Federação do Comércio/SP e do Comitê de Direito da Tecnologia da AMCHAM;
- Conselheiro da Comissão de Crimes de Alta Tecnologia da OAB/SP;
- Professor/ Palestrante Convidado dos Programas/Conferências Internacionais: Council of Europe; SEDONA; American Bar Association; International Technology Law Association; High Technology Crime Investigation Association; Information Systems Security Association; Internet Association of Privacy Professionals; Georgetown Law CLE; International Law Association and Inter-American Bar Association;
- Coordenador e co-autor do livro "Manual de Direito Eletrônico e Internet".

- Sócio do Opice Blum, Bruno, Abrusio e Vainzof Advogados Associados;
- Pós-Graduado em Direito e Processo Penal na Universidade Presbiteriana Mackenzie;
- Coordenador e Professor do MBA em Direito Eletrônico da Escola Paulista de Direito (EPD);
- Professor Convidado da Universidade Presbiteriana Mackenzie nos Cursos de Pós-Graduação em Direito Digital e das Telecomunicações, bem como Computação Forense;
- Professor do Curso de Direito Digital da FGV (FGVlaw) e professor Convidado da Fundação Getúlio Vargas no Curso de MBA em Construção  Civil;
- Professor das Faculdades FIAP, IBTA, Impacta, Parceria ITA-Stefanini, UNIGRAN, UNICID e UNISA e do Instituto Paulista de Educação Continuada;
- Vice-Presidente do Conselho da Tecnologia da Informação da Federação de Comércio/SP.
- Vice-Presidente do Comitê de Direito da Tecnologia da Câmara Americana do Comércio (AMCHAM);
- Membro voluntário da Comissão Jurídica da Federação Israelita do Estado de São Paulo (FISESP);
- Membro Colaborador da Comissão de Direito e Crimes Eletrônicos da OAB/SP;
- Co-autor do livro Legislação Criminal Especial (Capítulo - Lei de Software);
- Co-autor do E-Book Para Entender as Mídias Sociais (Capítulo - As Questões Jurídicas das Mídias Sociais -

Docentes e Conferencistas

- Advogado com larga experiência na área de telecomunicações, tendo atuado e desenvolvido sua carreira em diversas empresas da área de tecnologia e de telecomunicações;
- Pós-graduado em Direito Penal e Processo Penal com ênfase em Licenciatura pela Escola Paulista de Direito;
- Possui especialização em Direito das Telecomunicações Aplicado pela Fundação Getúlio Vargas;
- Possui especialização em Direito da Tecnologia da Informação pela Fundação Getúlio Vargas;
- Membro da High Technology Crime Investigation Association – HTCIA;
- Foi membro da Task Force de Combate a Pirataria da Câmara Americana de Comércio – AMCHAM BRASIL;
- Sub-Relator da Comissão Instituída pela Agência Nacional de Telecomunicações – ANATEL para implementação do contido na       Resolução 627/2012;
- Palestrante convidado em diversos cursos de Inteligência, Segurança Pública e de Crimes Eletrônicos;
- Participante de diversos congressos internacionais na área de Inteligência, Segurança pública e de Proteção de dados individuais;
- Participante convidado da Comissão do Ministério da Justiça, instituída através da portaria de nº 116, de 13 de fevereiro de 2003, com o fim de propor alterações na legislação penal concernente à interceptação telefônica e/ou eletrônica;
- Membro do Comitê Brasileiro de Computadores e Processamento de Dados ABNT/CB-21 da Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT.

Graduação (1990), Mestrado (2003) e Doutorado (2007) pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Pós-graduação em Propriedade Industrial (1982) pela Faculdade de Direito da Universidade Robert Schuman (Estrasburgo/França). Especialização em Direito Ambiental, Gestão Ambiental e Direito do Trabalho. Ênfase em Direito Empresarial, Intelectual, Ambiental e Trabalhista atuando, nomeadamente, nas matérias: patentes, desenhos industriais, marcas, programas de computador, cultivares, contrafação de direitos, inovações tecnológicas, invenção, proteção das criações técnicas relativas à biotecnologia, tutela das criações estéticas. Advocacia, Consultoria, Assessoria e Docência.

Mestre em Direito Processual Civil pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), como bolsista do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Especialização lato sensu em Direito da Tecnologia da Informação. Advogado. Bacharel em Direito pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Certificado em "Direito da Propriedade Intelectual em Comércio Eletrônico", em "Curso Avançado de Propriedade Intelectual" pela Organização Mundial de Propriedade Intelectual (OMPI) e em "Direito da Tecnologia da Informação" pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Extensão em "Direito Eletrônico e Perícia Forense Computacional" pela Nettion Information Security e pela Universidade de Fortaleza (Unifor). Secretário-Geral e membro fundador do Instituto de Direito da Tecnologia da Informação. Membro da Comissão de Informática Jurídica da Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Ceará. Áreas de Atuação: Direito Processual Civil; Direito Digital e Direito Eletrônico; e Propriedade Intelectual.

Advogada e professora atuante na área do Direito Eletrônico e Novas Tecnologias. Advocacia consultiva e contenciosa, nas áreas cível, penal e trabalhista, com ênfase no uso da Internet, dos meios eletrônicos e suas vertentes. Desenvolve trabalhos envolvendo Crimes Digitais, Concorrência Desleal através dos Meios Eletrônicos, E-commerce, Contratos Eletrônicos, Assinatura Digital, Responsabilidades Cíveis em Âmbito Virtual, Regulamentos e Políticas Corporativas ligadas aos Sistemas de Informação, Proteção Empresarial ao Capital Intelectual das Empresas nos Meios Digitais, bem como atuou em diversas demandas relacionadas à matéria de natureza tecnológica.

Graduada pela Universidade de Brasília (1985) e mestrado em Direito (Instituições Jurídico-políticas) pela Universidade Federal de Santa Catarina (1991). É doutoranda em Direito Político e Econômico da Universidade Presbiteriana Mackenzie. Iniciou o curso de Doutorado em Direito (Instrumentos Jurídicos de Cambio Social y Económico) na Universidade de Deusto- Bilbao, Espanha, tendo sua tese sido registrada sob titulo Mentalidad Juridica En La Transicion Española . É Professora dos cursos de graduação e pós lato sensu da Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie na Área Político-econômica, com ênfase em Direito Constitucional , Direitos Humanos -especialmente Direito do Consumidor.

- Mestre em Direito Tributário pela PUC/SP;
- Advogada e Consultora Jurídica;
- Professora nos Cursos de Pós Graduação do IBET, PUC/SP – Cogeae, da Escola Paulista de Direito – EPD.

- Mestre e Doutora em Direito Tributário pela PUC/SP;
- Advogada e Consultora Jurídica;
- Professora dos cursos de Pós Graduação do IBET, ATAME, Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo, Universidade Presbiteriana Mackenzie, da Escola Paulista de Direito;
- Autora de diversos artigos jurídicos em livros e periódicos especializados.

- Doutorando na área de engenharia legal da Escola Politécnica da USP;
- Mestre em sistemas eletrônicos pela Escola Politécnica da USP;
- Economista pela FACESP;
- Presidente do Instituto Brasileiro de Peritos em Comércio Eletrônico e Telemática.

- Doutor em Administração de Empresas pela FGV;
- Consultor Sênior na Marco Brasil Consultoria em Marketing.

Possui graduação em DIREITO pela Universidade de São Paulo (1981), especialização em Direito Empresarial pela Escola Paulista de Direito (2012) e graduação em Administração de Empresas pela FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS (1982). Atualmente é professor convidado da Escola Paulista de Direito. Atuação em Direito Empresarial com ênfase nas seguintes áreas: Contratos, Tecnologia, Propriedade Intelectual e Industrial, Societário e Trabalhista.

Mestrando em Ciência da Informação pela UNESP. Pós Graduado em Gestão de Tecnologia da Informação pela Anhanguera Educacional. Pós Graduado em Direito Penal e Processo Penal pela Faculdade Fênix/Anhanguera.

Possui graduação em Direito pela Universidade Braz Cubas (1989) e especialização em Direito Comercial pela Universidade de São Paulo. Atualmente é professor da Academia de Polícia Civil de São Paulo e Delegado de Polícia 2ª classe, na Polícia Civil de São Paulo. Foi professor universitário em diversas Faculdades nas disciplinas de Direito Comercial e Direito Penal. É especialista na investigação de crimes praticados por meios eletrônicos e investigações envolvendo tecnologia.

Graduado em Administração de Empresas pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (1984) e graduação em Engenharia Eletrica pela Faculdade de Engenharia Industrial FEI (1979). Atualmente é diretor - Pio Tamassia Perícias. Tem experiência na área de Engenharia Elétrica, com ênfase em Telecomunciações e experiencia em Mediação e Arbitragem.

- Coordenadora Acadêmica do curso de MBA em Direito Eletrônico da Escola Paulista de Direito;
- Mestre pela Universitá degli Studi di Roma Tor Vergata – USRV;
- Professora da Universidade Presbiteriana Mackenzie;
- Coordenadora da Pós-Graduação em Direito Eletrônico e Internet da UNIGRAN;
- Orientadora do Grupo de Estudos e Pesquisas Científicas “Frans Martins”, na área de Direito Eletrônico da Universidade Presbiteriana Mackenzie;
- Membro da Comissão de Direito na Sociedade da Informação, do Conselho Editorial da IJoFCS (The International Journal od Forensic Computer Science) e do Comitê de Legislação e de Tecnologia da Câmera Americana de Comércio (AMCHAM);
- Co-organizadora e co-autora do livro “Manual de Direito Eletrônico e Internet”;
-
Advogada Sócia do escritório Opice Blum Advogados.

- Doutor e Mestre em Direito Civil pela USP;
- Coordenador do curso de especialização em Propriedade Intelectual da Fundação Getúlio Vargas/SP;
- Professor nas áreas de Direito Empresarial e MBA em Direito Eletrônico da Escola Paulista de Direito - EPD.

- Diretor de Políticas Públicas e Relações Governamentais do Google Brasil;
- Bacharel, Mestre e Doutor em Direito pela USP, com pós-doutorado pela Berkeley Law;
- Autor de livros jurídicos sobre Internet;
- Professor de Direito Digital da FGV-SP.

Doutor em Direito Processual Penal pela Pontificia Universidade Católica de São Paulo e Mestre em Direito Penal pela Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, por onde é graduado. É Autor da obra jurídica de cunho processual constitucional "Acesso à Justiça Penal no Estado Democrático de Direito" que defende a existência de um processo e de um direito penal de ordem constitucional garantista.É autor da obra "Prisões e Medidas Liberatórias", atualizada de acordo com a Lei nº. 12.403/11, no mesmo sentido.É também autor da obra "Processo Penal Brasileiro", Editora Atlas, 3ª Edição. É um dos autores das seguintes obras jurídicas : "Crime Organizado", "Crimes Eletrônicos e a Legislação Brasileira", "Questões Relevantes de Processo Penal" e o "Garantismo e o Processo", publicados pelas Editoras Saraiva e Revista dos Tribunais. Foi Professor Adjunto de Direito Penal, Direito Penal Econômico e de Direito Processual Penal na graduação e na pós graduação da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Chefe de Departamento(Núcleo Temático)das mesmas disciplinas e membro da Comissão de Inquérito Disciplinar no âmbito da Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie onde também foi Coordenador e Fundador do Grupo de Estudos Permanente, registrado junto ao CNPQ, "Modernas Tendências do Delito", de 1994 até 2013. Autor de diversos artigos jurídicos. Colunista da Revista Lec News e da página da APMP(www.apmp.com.br). Especialista em Compliance. Lecionou também nas Faculdades Franciscanas na pós graduação e na Fadisp, onde lecionou Criminologia e Direito Processual Penal. Foi Advogado Supervisor do Banco Itaú. Foi Procurador do Estado de São Paulo. É Procurador de Justiça perante a Procuradoria de Justiça Criminal do Ministerio Público do Estado de São Paulo, onde também é membro suplente(segunda gestão)do Órgão Especial do Ministério Público. É Diretor Compliance da Associação Paulista do Ministério Público(APMP).É Professor Convidado da Escola Paulista do Ministério Público. Professor de Direito da Universidade Anhembi Morumbi. Professor Convidado do EPD.

Graduada em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1997), mestrado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2006) e doutorado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2014). Atualmente é advogada sócia do escritório - Brito, Vanzolini, Porcer e Severi Advogados Associados e Professora do Complexo Educacional Damásio de Jesus. Autoria do Manual de Direito Penal pela Editora Saraiva em coautoria.

Graduada em Tecnologia em Processamento de Dados pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, Pós-Graduação em Análise de Sistemas pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Atualmente é professora de Acessibilidade na WEB e Tecnologia da Informação nas Organizações na Fatec Carapicuíba e trabalha com pericia digital forense. Foi Coordenadora do curso de Análise de Sistemas e Tecnologia da Informação na Fatec Carapicuíba e professora da disciplina de Lógica de Programação, Qualidade de Software e Gestão de Projetos, com grande experiência na área de desenvolvimento e gestão de projetos de sistemas assim como gerenciamento de pessoas e manutenção de sistemas.

Graduado em Administracao de Empresas pela Faculdade Ítalo-Brasileira (1985). Atualmente é sócio fundador da Associação Brasileira dos Provedores de Internet, mentor do Instituto Empreender Endeavor e diretor da SVLabs The Systems Validation Company. Tem experiência na área de Engenharia Elétrica, com ênfase em Engenharia Legal, Ciência e Tecnologia Forense. Possui profundos conhecimentos de segurança em informática e softwares financeiros. Criou o conceito de Home/Internet Banking tendo implantado o primeiro sistema desse tipo para o Unibanco em 1990. Em 1986 criou o primeiro BBS 100% brasileiro (Canal Vip) que passou a oferecer acesso internet gratuito em 1993. Em 1995 recebeu o primeiro IP canalvip.com.br distribuido no Brasil.

Engenheiro eletricista, doutor e livre-docente em Engenharia Elétrica pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. É bacharel em direito pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. É professor livre-docente do Departamento de Engenharia de Sistemas Eletrônicos da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, onde lidera a área de ensino e pesquisa em Engenharia Legal, Ciência e Tecnologia Forenses. É coordenador do Grupo de Engenharia Legal, Ciência e Tecnologia Forenses da Universidade de São Paulo. É Presidente da Sociedade Brasileira de Perícias de Informática e Telecomunicações. É membro afiliado do Information Forensics and Security Technical Committee da IEEE Signal Processing Society. Na Universidade de São Paulo ministra a disciplina "Engenharia Legal" no nível de graduação, e em pós-graduação ministra as disciplinas "Tópicos de Direito Tecnológico", "Metodologia da Prova Pericial", "Fundamentos de Ciência Forense" e "Ciência Forense Aplicada a Sistemas de Informação". Durante o ano de 2007 foi professor da Escola Superior da Advocacia da OAB/SP, onde ministrou o curso Perícia Forense Aplicada a Sistemas Informatizados . É colaborador do programa de mestrado profissionalizante do Instituto de Pesquisas Tecnológicas IPT, onde orientou trabalhos de pós-graduação e ministrou a disciplina Ciência Forense Computacional . Interessa-se pelo estudo dos vários aspectos da relação entre tecnologia e sociedade. Como temas principais podem-se citar o impacto do desenvolvimento tecnológico sobre a sociedade, direito tecnológico, ciência e tecnologia forenses, e engenharia legal. Profere regularmente palestras tratando desses temas. O Professor Sanchez atua regularmente como perito judicial em vários estados da federação, tratando de questões complexas envolvendo alta tecnologia, e tem vários anos de experiência nas áreas de telecomunicações, microeletrônica, e sistemas de computação. Além de suas atividades como engenheiro, também é advogado especializado nas áreas de direito tecnológico e direito do consumidor. É membro da Comissão de Sociedade Digital da OAB/SP. Foi por seis anos membro da Comissão de Informática Jurídica da OAB/SP. É editor associado e revisor do Journal of Digital Forensics, Security and Law (http://www.jdfsl.org) e membro do corpo de revisores do International Journal of Digital Crime and Forensics, do International Journal of Forensic Computer Science, do International Journal of Electronic Banking, e da revista IEEE Latin America. Foi membro dos comitês científicos de diversos eventos nacionais e internacionais em tecnologia de informação. Foi revisor técnico da tradução para o português do livro Perícia Forense Computacional, de Dan Farmer e Wietse Venema. O Professor Sanchez ocupou várias posições na iniciativa privada. Na década de 1980 trabalhou na Computervision Corporation, onde foi gerente regional de engenharia de aplicações, suporte e treinamento para a América Latina. Atuou também como consultor e ministrou vários cursos, no Brasil e no exterior, nas áreas de especificação e implementação de sistemas de CAD/CAM, análise de produtividade, e treinamento de engenheiros. Desenvolveu e implantou sistemas computacionais nas mais diversas áreas de atividade, entre as quais podem-se citar a engenharia mecânica, eletrônica, engenharia civil, energia, geologia, e petroquímica. Em 1990, o Professor Sanchez liderou a equipe que projetou, construiu e testou o primeiro chip microprocessador de 32 bits criado na América Latina.

- Mestre em Direito Constitucional pela Universidade Federal do Ceará (UFC);
- Autor de diversos artigos na área de Direito Eletrônico;
- Membro do Comitê de Crimes Eletrônicos da OAB/SP;
- Membro da Comissão de Informática Jurídica da OAB/CE;
- Membro da Ordem dos Advogados do Brasil - Secção Ceará;
- Membro Fundador do Instituto de Direito e Tecnologia da Informação;
- Member  of the International Association of Young Lawyers – AIJA;
- Member of the Internet Society – ISOC/NY;

- Advogado e economista;
- Coordenador do MBA em Direito Eletrônico da EPD, Professor do Curso de Direito Digital da FGV, USP (PECE), Mackenzie;
- Membro Convidado do Grupo de Cybercrime do Conselho da Europa; Presidente do Conselho de Tecnologia da Informação da Federação do Comércio/SP e do Comitê de Direito da Tecnologia da AMCHAM;
- Conselheiro da Comissão de Crimes de Alta Tecnologia da OAB/SP;
- Professor/ Palestrante Convidado dos Programas/Conferências Internacionais: Council of Europe; SEDONA; American Bar Association; International Technology Law Association; High Technology Crime Investigation Association; Information Systems Security Association; Internet Association of Privacy Professionals; Georgetown Law CLE; International Law Association and Inter-American Bar Association;
- Coordenador e co-autor do livro "Manual de Direito Eletrônico e Internet".

- Sócio do Opice Blum, Bruno, Abrusio e Vainzof Advogados Associados;
- Pós-Graduado em Direito e Processo Penal na Universidade Presbiteriana Mackenzie;
- Coordenador e Professor do MBA em Direito Eletrônico da Escola Paulista de Direito (EPD);
- Professor Convidado da Universidade Presbiteriana Mackenzie nos Cursos de Pós-Graduação em Direito Digital e das Telecomunicações, bem como Computação Forense;
- Professor do Curso de Direito Digital da FGV (FGVlaw) e professor Convidado da Fundação Getúlio Vargas no Curso de MBA em Construção  Civil;
- Professor das Faculdades FIAP, IBTA, Impacta, Parceria ITA-Stefanini, UNIGRAN, UNICID e UNISA e do Instituto Paulista de Educação Continuada;
- Vice-Presidente do Conselho da Tecnologia da Informação da Federação de Comércio/SP.
- Vice-Presidente do Comitê de Direito da Tecnologia da Câmara Americana do Comércio (AMCHAM);
- Membro voluntário da Comissão Jurídica da Federação Israelita do Estado de São Paulo (FISESP);
- Membro Colaborador da Comissão de Direito e Crimes Eletrônicos da OAB/SP;
- Co-autor do livro Legislação Criminal Especial (Capítulo - Lei de Software);
- Co-autor do E-Book Para Entender as Mídias Sociais (Capítulo - As Questões Jurídicas das Mídias Sociais -
http://paraentenderasmidiassociais.blogspot.com/);
- Co-autor do livro Revista de Direito das Novas Tecnologias e Crimes Falimentares de Acordo com a Lei n.º 11.101/2005;
- Currículo Plataforma Lattes:
http://lattes.cnpq.br/2008131584981938.

Possui graduação em Direito pela Universidade Federal do Ceará (1982), mestrado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1986), doutorado em Ciência do Direito, Universität Bielefeld, Alemanha (1995) e em filosofia (IFCS-UFRJ), onde também obteve o pós-doutorado na mesma área, e a livre docência em filosofia do direito pela UFC. Atualmente é professor doutor dos programas de pós-graduação em Direito da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e Universidade Braz Cubas, Mogi das Cruzes, SP, sendo ainda colaborador dos programas de pós-graduação em Direito da Universidade Candido Mendes e da Escola Paulista de Direito,SP. Professor titular da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito Constitucional, atuando principalmente nos seguintes temas: direitos fundamentais, princípio da proporcionalidade, processo, dignidade da pessoa humana e filosofia do direito.

21.03.2017 - 06.07.2017
19:00 - 22:30
3ª e 5ª Noturno
11.03.2017 - 15.07.2017
08:00 - 17:45
Sábados Quinzenais
Ter, 21/03/2017 - Qui, 06/07/2017
3ª e 5ª Noturno
Sab, 11/03/2017 - Sab, 15/07/2017
Sábados Quinzenais

Pedro Henrique Formaggio Jorge

Profissionalmente o módulo internacional representou uma oportunidade ímpar para obtenção de conhecimento.
A forma com que o programa foi planejado permitiu a discussão de diversos assuntos com profissionais de áreas distintas, apresentando-nos conceitos concernentes não só ao Direito Eletrônico, mas à política, à economia, às relações comerciais e, claro, ao Direito como um todo.
Esta congregação de temas representou, para mim, um crescimento profissional além do que era esperado, e que já reflete na minha atuação enquanto advogado.
Quanto ao contexto pessoal, o módulo mais uma vez superou as expectativas. Conviver com pessoas de hábitos e culturas diferentes foi ótimo. Ademais, a agenda do programa foi cuidadosamente elaborada para que tivéssemos a oportunidade de conhecer museus e monumentos históricos fantásticos, garantindo-nos também uma bagagem cultural.
Por fim, posso afirmar seguramente que durante a viagem construí verdadeiras amizades, que certamente serão cultivadas no Brasil.
Não percam esta oportunidade! Por mais que tentemos, as palavras não serão suficientes para expressarmos com clareza a real importância do International Cyber Security Law Program. À parte da evolução profissional, a convivência com pessoas que se tornaram verdadeiros amigos – refiro-me não só aos demais alunos, mas também aos professores e aos integrantes da CCC&TI – foi maravilhosa, e trará sempre ótimas recordações.

Gabriel Avelar

O International Cyber Security Law me reposicionou no mercado com uma experiência intensa de aprendizado em múltiplas areas como direito, tecnologia da informação e negócios criaram novas perspectivas e dando uma visão maior do todo, a convivência com profissionais de múltiplas areas de atuação gera uma interação profissional de altíssimo nível criando um ambiente de aprendizado dinâmico enriquecido por bagagens culturais diferentes. A possibilidade de aprofundar o estudo de um segunda língua em um ambiente voltado para o mercado não tem comparação com qualquer curso de idiomas que se possa imaginar. Por fim toda viagem é uma possibilidade de se auto conhecer. Não existe melhor maneira de encerrar o curso de MBA do que o módulo internacional, conhecer e conversar com grandes nomes do meio, interagir com quem vive diariamente na vanguarda da tecnologia e da inovação, aprender com professores e em ambientes especializados na preparação de profissionais do meio de uma maneira imersiva é a melhor forma de solidificar e expandir todo o conhecimento adquirido durante o curso. A viagem em si além do componente educacional, carrega consigo um  forte componente humano, conhecer e interagir com colegas de diferentes áreas e nível de aprendizado permite além de um enriquecimento de si mesmo, aumentar o círculo de amigos com pessoas capacitadas, com os mesmos objetivos e perspectivas que, ainda que não idênticas, podem ser complementares. Por fim, conhecer pontos históricos como a casa branca e o capitólio, visitar grandes museus, comer em restaurantes excelentes, visitar os melhores outlets do mundo e ser tratado como convidado de honra em todos esses lugares também não é nada, nada mau.

 

INVESTIMENTO PARA MATRÍCULAS 2017-1

TAXA DE INSCRIÇÃO

R$60,00 (Sessenta Reais)*

INVESTIMENTO
R$21.900,00 (Vinte e Um Mil e Novecentos Reais)**

CONDIÇÕES ESPECIAIS PARA MATRÍCULA****

TURMA PERÍODO SÁBADOS QUINZENAIS


De 06/02/2017 à 11/03/2017 Desconto de 15% parcelado em 23 vezes

FORMAS DE PAGAMENTO
Boleto Bancário com 1º pagamento à vista e os demais subsequentes com vencimentos 10, 15 ou 25 de cada mês***

PROCESSO SELETIVO
Análise curricular.

DURAÇÃO DO CURSO
18 meses.

CARGA-HORÁRIA
360 horas (3 módulos).

DOCUMENTOS PARA MATRÍCULA
- Comprovante de pagamento da taxa de inscrição;
- Original e Cópia do diploma do curso superior ou equivalente;
- Original e Cópia do histórico escolar do curso superior;
- Cópia simples do RG e CPF - exceto CNH;
- Cópia simples do comprovante de residência;
- Currículo Vitae atualizado;
- 1 (uma) foto 3x4 recente.

PARA CANDIDATOS ESTRANGEIROS RESIDENTES NO BRASIL

- Cópia da carteira de identidade de Estrangeiro (RNE) e CPF;
- 1 (uma) foto 3x4 recente;
- Cópia autenticada do diploma de graduação (com autorização consular e tradução juramentada, exceto se estiver em Espanhol). 

PARA MAIS INFORMAÇÕES, CONSULTE NOSSA CENTRAL RELACIONAMENTO

- Telefone: +55 11 3273 3600

- Clique aqui para contato via e-mail

* Este valor não será devolvido na hipótese de desistência ou cancelamento da matrícula, tendo em vista que supracitado valor tem por objetivo suportar despesas administrativas, bem como não garante a vaga ou valor promocional.

** Investimento para o curso de Pós Graduação de 360 horas (3 módulos).

***Consulte outras formas de pagamento na Central de Relacionamento.

****Os descontos não são cumulativos, o aluno deve optar pela opção mais vantajosa.