Blog EPD

Brasil tem a primeira venda digital de fração de imóvel

venda-digital

A moradora de Porto Alegre Lenita Ruschel, de 82 anos, tornou-se, na última sexta-feira (22), a primeira brasileira a ter uma propriedade digital de imóvel em seu nome. Dona de uma escola de ballet na capital gaúcha, ela adquiriu 20% de um apartamento no edifício Praça Nilo, no bairro de Petrópolis, e passará a receber o valor proporcional do aluguel.

Em entrevista à editoria regional da globo.com no Rio Grande do Sul, Lenita explicou que já há algum tempo gostaria de investir em um imóvel para locação, mas não tinha o valor total para realizar o desejo. A solução, então, veio de uma proposta de uma imobiliária da região que sugeriu a ela a compra parcial.

O negócio foi todo feito por meio de NFT (non fungible token, ou token não fungível, em português), um selo digital de autenticidade que pode ser usado para bens e itens físicos ou digitais. Para o pagamento, ela usou o PIX, sistema de transferência recentemente implementado no país.

Como funciona

As empresas do ramo Imovelweb e Netspace firmaram uma parceria e lançaram os primeiros imóveis digitalizados no país. Com isso, as escrituras são atreladas a um token criptografado com a mesma tecnologia das criptomoedas, a blockchain. Esse token, então, é comercializado para os interessados. Além do digital do token, o registro também é realizado no cartório convencional para dar mais segurança aos novos proprietários. O diferencial, nesse caso, é a possibilidade da compra parcial da propriedade, a partir de 20% do total.

Por não envolver financiamento e juros, a nova forma de negócios possibilita ao comprador ir adquirindo porcentagens conforme for tendo o dinheiro para tal, sem seguir uma cartilha de parcelas e cobranças e, também, sem ter o compromisso caso esse não seja o objetivo (a compra integral). As frações do token ainda podem ser vendidas, se valorizadas ou não, a qualquer momento pelo dono.

O que você pensa a respeito? Se interessa por negócios do tipo? Responda nos comentários e siga acompanhando o Blog e as redes sociais da EPD para ver mais notícias e conteúdos.

fonte: https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2021/10/23/professora-de-82-anos-de-porto-alegre-compra-primeiro-apartamento-digitalizado-do-brasil.ghtml

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!