Transferência Externa
Campanha março cursos de extensão
Reestruturação Societária
Mestrado
Pós Presencial
ENEM Presencial
Campanha março cursos de extensão
Direito de família e sucessões
1
Graduação em Direito
5
4

Blog EPD

Conheça sobre a carreira de delegado federal

delegado federal

O cargo de delegado federal é uma dos mais importantes, bem remunerados e concorridos da carreira pública. Muitas pessoas sonham em chegar ao posto, mas nem todos sabem ao certo as funções e o caminho para iniciar a jornada.

Por isso, conheça a seguir um pouco mais do papel desse profissional e saiba como tornar-se delegado federal no Brasil.

As funções do delegado federal
O delegado federal é o responsável por liderar a maioria dos trabalhos da PF (Polícia Federal), assumindo o comando de investigações, apurações e iniciativas de combate à criminalidade no âmbito federal, em casos interestaduais e até mesmo internacionais.

A atuação desse profissional alterna momentos no escritório, dentro da delegacia, com atividades administrativas, mas também em campo, ao conduzir ações de investigação, busca e apreensão, conduções coercitivas e prisões.

É também o delegado quem faz o relatório final das investigações para encaminhar ao juiz, indicando a natureza do crime, os responsáveis por ele e demais informações pertinentes que, posteriormente, vão ao Ministério Público e à Promotoria para sequência do inquérito e realização de denúncias.

A Polícia Federal, chefiada pelos delegados, também atua na Segurança Nacional, no planejamento de ações de defesa e na proteção e controle das fronteiras, com trabalhos cotidianos nas aduanas terrestres, marítimas e aéreas (aeroportos internacionais).

Os salários para o cargo de delegado federal são um dos grandes atrativos da profissão e costumam ultrapassar a casa dos R$20 mil, além de benefícios e garantias importantes que todo funcionário público tem.

Como chegar ao cargo de delegado federal
A entrada para a carreira de delegado federal é via concurso público e, além dos pré-requisitos básicos de todas as provas (ver mais abaixo), o candidato deve ter o bacharelado em Direito.

Para se candidatar a uma das vagas, o aspirante deve preencher os seguintes critérios:
– Ter mais de 18 anos completos na data da matrícula;
– Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa;
– Ter as obrigações militares em dia (somente para homens);
– Ter as obrigações eleitorais em dia;
– Ter carteira de identidade civil;

O concurso, por sua vez, segue duas etapas específicas e criteriosas:

Primeira etapa:
– Prova de múltipla escolha (matérias jurídicas);
– Prova dissertativa (discursiva e com elaboração de peça profissional);
– Exame de aptidão física (TAF);
– Exame médico e avaliação psicológica;
– Prova oral;
– Prova de títulos (análise do currículo profissional e acadêmico).

Segunda etapa:
Nessa fase, os aprovados da primeira etapa passam pelo Curso de Formação da Academia Nacional de Polícia, com cerca de 850 horas de aula, em um regime de internato, e com bolsa auxílio nesse período.

É comum que, durante essa preparação, exames frequentes aconteçam para checagem do não uso de drogas ilícitas, além de investigações de cunho social do passado dos candidatos.

Comece pela Graduação
Como mencionado no texto, o bacharelado em Direito é exigido para a candidatura ao concurso público na área. Por isso, o pontapé inicial se dá com uma boa Graduação no ramo.

A EPD oferece curso presencial no campus Liberdade, em São Paulo-SP, entre os melhores do país para quem sonha em se tornar delegado federal, além de contar com um portfólio completo também de Pós-Graduação, nas modalidades online e presencial, que contam pontos importantes como diferencial na avaliação de títulos (última fase da primeira etapa do concurso).

Conheça nossos cursos, faça uma visita à instituição e continue acompanhando o Blog e as redes sociais para ver mais conteúdos do universo jurídico.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram